Feeds:
Posts
Comments

Archive for the ‘em português’ Category

Soon this post wiil be translated into English. I just had to write it in my mother tongue first so I could make sure everything was on the right place, and that I could freely express my feelings. If you do read the things I write, just wait a little more. The translation will come in another post. Just to let you know, this post is about eye-fucking. 

(more…)

Advertisements

Read Full Post »

Hoje fiz um monte de planos sem saber ao certo o que fazer com eles. Os momentos que planejo parecem sempre perfeitos demais para acontecerem, e a minha preguiça logo faz o sono deitar por cima deles. Tenho tentado fazer coisas diferentes mas sinto o peso dos anos perdidos aumentar, imobilizando-me. (more…)

Read Full Post »

This draft was empty for some reason.

In fact, it wasn’t. I’m lying. I just don’t want to talk about what was here because it’s been over two years since it happened. It kinda lost its meaning. (more…)

Read Full Post »

(more…)

Read Full Post »

Não vai adiantar muito se só eu começar. Adoro os começos mas não consigo terminá-los, especialmente quando essa é sua função e não a minha.

Especial é o momento, a causa não sei se é a das mais nobres. O motivo, sou eu mesmo. E não há quem possa mudar o que sinto, não quero mudar. Quero apenas que passe logo.

Porque cansei de você. Só isso. Daqui pra frente vou fazer o meu melhor que é justamente não fazer. Já dei a você todos os meus pensamentos, várias lágrimas, suspiros então… E você só olha. Você não olha, só finge que olha.

Eu sei o que não posso saber.

De todas as vontades que poderia realizar, fui logo atrás do que está fora de mim. Posso corrigir o erro deixando apenas as ilusões preencherem o espaço que ficou livre em mim depois que desfiz meu pensamento para você.

Hoje vou ser só eu. Você será uma passagem. E não reclame: na minha mente você ainda é exatamente como quero que seja: perfeito.

E passageiro, como tudo que é bom.

Publicado originalmente em 3 de dezembro de 2010

Read Full Post »

Música do dia: DIDO – Life for Rent

Não sei se já aconteceu com vocês (bobagem, isso provavelmente acontece com todo mundo – aquele que tenta parecer normal torcendo para os outros sentirem a mesma coisa), mas a insegurança do cotidiano acaba interferindo nas minhas ações.

(more…)

Read Full Post »

Uma boa lembrança sempre é capaz de colocar um sorriso num rosto, ainda que cansado de sempre sorrir por obrigação. Meu horóscopo diz hoje que devo me preocupar menos com o excesso de detalhe e busca por perfeição, ambos características marcantes de meu signo, não minhas. Morro negando. E para provar meu ponto de vista, não irei enfeitar nada neste blog. Nadinha. Vão ser só meus textos. Uma vez ou outra posso até postar um vídeo ou colocar uma figura ao lado de alguma postagem, coisas do tipo. Mas vai ser só isso. É tempo de treinar a habilidade de desenhar com palavras, aquilo que certamente algum poeta pensou antes de mim.

(more…)

Read Full Post »

Hoje resolvi ressuscitar alguns antigos amigos. É o caso de você, blog querido.

(more…)

Read Full Post »